Gestão Financeira - PRODUÇÃO DE ALUNOS

Produção dos alunos do Curso

2014

2015

2016

Normas Contábeis Aplicadas nas Cooperativas

I Fórum de Administração da FMU

Viviane Stein
Prof. Fernando de Almeida Santos

Tipo de Produção: Apresentação Oral

Apresentação oral

2018

Participação do agronegócio no PIB brasileiro e sua dependência do sistema rodoviário para o escoamento da produção

Revista REMIPE - Revista de Micro e Pequenas Empresas e Empreendedorismo da Fatec-Osasco

Hellen Gomes de Araújo
Jonathan Samuel Jesus Pontes

Tipo de Produção: Artigo científico

Um assunto muito abordado nos últimos quatro anos no Brasil é o fato de que o país está vivendo uma recessão e, a recuperação desse cenário poderia levar até uma década. Durante esse período, a atividade econÿmica foi afetada, refletindo no resultado do PIB, que registrou essas quedas de forma acentuada entre os anos de 2014 e 2016. Contudo, dentre os setores que compõem o PIB nacional, o setor do agronegócio permaneceu consistente e, apresentou na contramão dos demais setores, um crescimento da produção. Este trabalho tem o objetivo de trazer informações que sustentem a importância da produção agropecuária para a composição do resultado no país e, de que forma o setor sofre com a falta de investimentos no modal de transporte, aplicado majoritariamente para o escoamento dos produtos. Foram utilizados autores de influência na área econÿmica e dados de associações controladoras do setor agropecuário para basear o desenvolvimento do trabalho e demonstrar as origens da infraestrutura de transportes que hoje está aplicada no país. Aplicando a metodologia de estudo de caso, foi possível identificar os fatores político-econÿmicos que influenciaram, ao longo das últimas décadas, a forma como o Brasil desloca sua produção e, como isso interfere na competitividade dos produtos, principalmente, no que tange o custo que, posteriormente, determina o preço final.

2019

2020

Crescimento da geração distribuída no Brasil e correlação entre os estados

RMS - Revista Metropolitana de Sustentabilidade

Larissa Correia da Silva
Rafaela da Silva Santos
Mateus Bailon Carulla de Menezes
Prof. Fernando de Almeida Santos

Tipo de Produção: Artigo científico

O Presente artigo aborda o crescimento da geração distribuída no Brasil após publicação da Resolução Normativa ANEEL nº 482/2012, tendo como ênfase os estados de Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Ceará nos últimos cinco anos. O objetivo geral deste artigo é analisar o crescimento da energia fotovoltaica nos seguintes estados brasileiros,  Minas Gerais, São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, após a publicação Normativa ANEEL Nº 482/2012 a fim de analisar a existência de correlação entre este estados. Trata-se de uma análise quantitativa, sendo que foram utilizadas as informações obtidas por meio de publicações e estudos divulgados pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e ABSOLAR (Associação Brasileira e Energia Solar Fotovoltaicas) assim como artigos, análise setorial e outros. O estudo possibilitou observar o comportamento do crescimento da geração distribuída no Brasil, assim como identificar os 5 estados que mais contribuíram para este crescimento. Após identificar uma forte correlação entre os estados analisados, conclui-se que o crescimento entre estes cresceu quase que simultaneamente nos anos analisados. Espera-se que este estudo possibilite maior compreensão sobre o tema proposta e seja utilizado para elaboração de novos estudos ao que se refere ao modelo de geração de energia por meio de fontes renováveis.

Se interessou pelos projetos, ou deseja mais informações: coord_gf.osasco@fatec.sp.gov.br

Rua Pedro Rissato n° 30 – Vila dos Remédios | Osasco-SP | CEP:06296-220 | Fone: (5511) 3603-9910

Copyright @ 2020 Fatec Prefeito Hirant Sanazar - FATEC OSASCO
Website desenvolvido por FATEC de Osasco